As 9as Jornadas da Língua Portuguesa realizaram-se na Universidade Eduardo Mondlane em Maputo, nos dias 4 e 5 de maio. Com o objetivo de desenvolver uma cultura de investigação em torno do ensino e da aprendizagem da língua portuguesa, estas Jornadas inserem-se numa já longa tradição, iniciada em 2005. São um evento académico, organizado, de forma alternada nas cidades de Maputo, Beira e Nampula, pela rede Camões, Instituto da Cooperação e da Língua em Moçambique, em parceria com a Universidade Eduardo Mondlane e a Universidade Pedagógica.

Este encontro académico, dedicado ao tema Língua e Literacia(s) no Século XXI, contou com a presença dos conferencistas Carlos A. M. Gouveia e Fernando Albuquerque Costa da Universidade de Lisboa, Perpétua Gonçalves da Universidade Eduardo Mondlane, Hildizina Dias da Universidade Pedagógica e Elias Torres Feijó da Universidade de Santiago de Compostela. Para além destas conferências plenárias, foram proferidas 35 comunicações por académicos das universidades das diferentes regiões de Moçambique (Maputo, Nampula, Niassa, Beira, Quelimane e Tete) e das universidades da países da região (Zanzibar, Suazilândia e Botsuana). Realizaram-se ainda 2 workshops e  um painel.

Programa paralelo às Jornadas: Xai Xai (Gaza), Beira e Nampula

As 9as Jornadas da Língua Portuguesa tiveram o patrocínio das Páginas Amarelas e o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, da Universidade de Aveiro e da Porto Editora.